quarta-feira, 9 de junho de 2010

Lendo livros em formato PDF

Um problema que sempre tive com livros em formato PDF é marcar o ponto onde parei de ler para depois continuar. Nos últimos anos, livros em formato PDF se popularizaram e eu consumo principalmente os livros da Pragmatic Programmers neste formato. Um simples documento PDF de até 5 ou 10 páginas pode ser lido inteiramente em poucos minutos, mas um livro de 500 ou 600 páginas não pode ser consumido de uma só vez. É nesses casos que um leitor adaptado a esta tarefa é necessário.

No Mac eu vinha usando o Skim, um leitor de PDF que permite fazer anotações e outras modificações no PDF que só o Acrobat da Adobe permitiriam, a diferença é que o Skim é open souce. Com o Skim, pode-se utilizar uma barra de leitura que ajuda muito na hora de ler, principalmente para quem pula linhas como eu :-D

Mas como todo grande aplicativo de Mac, o Skim não tem versão para Ruindows e também não grava a última página de cada PDF... tornando a leitura de livros difícil. Para contornar este tipo de problema, eu acabei por utilizar anotações no meu telefone para registrar a página que parei em cada livro, verdadeiramente low tech.

Semana passada eu encontrei o Adode Digital Editions, gratuito e multiplataforma, desenvolvido pela mesma companhia que inventou o formato PDF. Ele foi criado para permitir acesso aos livros digitais da plataforma e-book da Adobe, mas também pode ser utilizado para ler livros já baixados em formato PDF ou ePub. A grande vantagem é poder utilizar o recurso de biblioteca, permitindo juntar os PDFs espalhados pelo disco rígido em uma só interface, organizar estes PDFs em pastas e marcar onde paramos de ler facilmente. No Digital Editions, quando reabro um PDF ele está exatamente na mesma posição que deixei da última vez. A interface é bem limpa e facilita a leitura, tendo apenas os controles básicos de navegação e visualização do PDF e opcionalmente o conteúdo a esquerda.

Ainda não experimentei em vários micros, mas como o recurso de criar uma conta na Adobe, acredito que a sincronização seja possível. Outros recursos parecem bem interessantes, como a possibilidade de emprestar livros. Por enquanto, a funcionalidade de marcar o último ponto de leitura e o tamanho de apenas 19Mb x 195Mb do Acrobat Reader para Mac já são bem interessantes.

Nenhum comentário: