quarta-feira, 20 de agosto de 2008

Backups

O tempo passa e até os computadores ficam velhos. Meu Ruindows nem se fala...

Depois que passei a usar o Mac, o PC ficou entregue as baratas, quer dizer aos outros usuários aqui de casa. A festa começou com temas alegres do fundo do mar, peixinhos 3D e coisas bizarras do tipo.

Infelizmente, computador não fica melhor com o tempo... e a coisa ficou feia até para ligar. Estou aproveitando para sacrificar minha instalação e começar outra do zero. Mas isso não é tão simples.

Meu computador é uma bomba feita pela Acer, logo não tem disco de instalação do Windows XP... só o tal disco de backup que eu mesmo tive que gravar... OK.

Outra coisa são softwares chatos que compramos e estragam nosso computador. Já estou imaginando aqui o aperreio para reinstalar o Delphi (original, por isso dá trabalho) e os milhares de jogos que meu filho joga (originais também, justo aqueles que pedem o CD no drive!).

Vou aproveitar para fazer um backup geral do sistema. Comprei um disco externo de 500Gb no supermercado, €69... um Maxtor Basic. Comecei o backup e descobri porque se chama Basic... tem que ser a velocidade do bicho... depois olhei direito e vi que tinha marcado apenas 76 GB pro backupzinho. Estou usando o NTI Backup que a Acer me deu !

Como não confio no Ruindows, vou fazer também uma imagem completa do sistema. Descobri que o NTI não faz imagem de HD, isso é um outro produto e esse não vem de graça no micro.

Visitando o thefreecountry, achei a lista dos softwares gratuitos que fazem imagem de HD ... mas o bom mesmo é o da Maxtor, o MaxBlast. Como o disco externo é de lá, resolvi usar o tal programa. Se você não tem um HD Maxtor, o preço do Acronis True Image(o MaxBlast para quem não é cliente da Maxtor) é quase mais caro que o próprio drive externo... compensa comprar o drive pelo software :-D

Mas o que mais me chamou a atenção é um artigo sobre como criar um disco de boot do Windows XP, escrito para àqueles afortunados como eu que compraram computador de "marca". O artigo é bem completo, dizendo o que finalmente fazer com aquele diretório i386 do seu computador.

A aventura ainda não terminou, afinal, backup nunca é rápido e reinstalação menos ainda.

Nenhum comentário: